Autor
Contactos
Links
Espaço DMA
Os meus sites
Promoções, Silêncios, Desvirtuações
Terceiro Mundo em Notícias
Foi Você que Pediu um Bom Título?
YouTube
VÍDEOS EM DESTAQUE
Twitter
Facebook
Rádio BLIP
PODOMATIC DMPA
Manchete
Slideshare DMPA
Slideshows DMA
Torga em SMS
Centenário da República
Sítios dos meus alunos
Espaço A
Media Critics
Polémicas
Derrapagens
Da Condição de Jornalista
Educação para os Media
Fotografia
Fotojornalismo
Internet
Blogosfera
Televisão
Imprensa
Rádio
Agências Noticiosas
Design Gráfico
Publicidade
Público & Privado
Leituras
Revival
Vária
Recreio

 Inquérito









 Velvet Secret

Velvet Secret
Queima das Fitas, Coimbra, Maio 2007
Get flash player to play to this file


CIRCULAR INTERNA SUGERE QUE ABDIQUEM DE TUDO
A SIC repreendeu os jornalistas estagiários que estão a trabalhar na
redacção da estação – incorpora SIC, SIC Notícias e SIC Online –, através
de uma circular interna. No documento, enviado pelo departamento de
Recursos Humanos a todos os estagiários, pode ler-se, a pedido do
próprio, uma citação de Martim Cabral, subdirector de Informação do canal:
“Existem certamente várias dezenas de jovens jornalistas a quererem
substituir-vos”.
SOBRE A COBERTURA MEDIÁTICA DO FUNERAL DE AYRTON SENNA
Artigo de Carlos Quevedo, Visão, 12.05.1994

Página 1       Página 2
AGENDA NOTICIOSA DA TV DETERMINADA POR OUTROS MEIOS
José Alberto Carvalho (30.11.1999) constata: Estamos muito condicionados pela matriz da imprensa. É uma questão cultural, à qual é difícil fugir. Creio que seria necessário começar tudo do zero. Nos EUA os jornais televisivos de referência não seguem, em nada, o que vem na imprensa. A BBC tem o What Newspapers Says, programa que arrasa a imprensa. Se fosse cá em Portugal era um escândalo. Fez-se um pouco isso com A Noite da Má Língua.
ESTUDO DE UNIVERSIDADES ESPANHOLAS
Las noticias relativas a desastres y accidentes son las más frecuentes en los informativos de las cadenas de televisión con cobertura estatal, según un estudio realizado por la Universidad de Navarra, la Complutense y la Pompeu Fabra. Estas cuestiones encabezan la lista del tiempo dedicado, casi el 20%, seguidas del deporte (10%), información sobre el Gobierno (9%), terrorismo (8%), y violencia (cerca del 6%).
As imagens-testemunho, imagens instrumento de combate.
Clientes da TMN vão ter acesso a 21 canais de TV

No projecto de alargamento da oferta de TV do portal móvel i9 3G, destaca-se o AXN, que pela primeira vez vai poder ser acompanhado em versão «mobile», em telemóveis da TMN.

Vários enfoques, diferentes pontos de vista, mas um elo comum que se poderá identificar como se tratando, no fundo, da emergência de uma lógica de exclusão ‘acontecimental’, para privilegiar o ‘maravilhoso’ infotainment, que as audiências devoram na sua ‘missa’ diária das 20 horas. Uma exclusão que passa por ser uma nova dimensão do esquecimento e das censuras que tipificam o próprio dispositivo televisivo, a par da dimensão instrumental e performativa, designadamente.
Sondagem: cerca de 45% dos portugueses com queixas
Praticamente um em cada dois assinantes da TV Cabo está descontente com o serviço prestado pela empresa, revela uma sondagem CM/Aximage, realizada entre 1 e 3 de Abril. A segunda operadora que gera mais insatisfação juntos dos clientes é a Cabo TV Açoreana, detida pela TV Cabo.
INVESTIGADOR DE COIMBRA ANALISA MAIS DE TRÊS MIL NOTÍCIAS TELEVISIVAS
Como surgem as notícias que vemos na televisão? Quais as condicionantes que determinam a agenda da TV? Para responder a estas e outras perguntas, o investigador de Coimbra Dinis Alves analisou os telejornais de quatro estações televisivas portuguesas (RTP1, 2, SIC, TVI) em 1999. Quem burila, de facto, a actualidade?
TESE DE DOUTORAMENTO ANALISA A QUALIDADE DO JORNALISMO TELEVISIVO
Intitulada «Mimetismos e Determinação da Agenda Noticiosa Televisiva – A agenda-montra de outras agendas», a tese de Dinis Manuel Alves recentemente defendida na Universidade de Coimbra, conclui que o jornalismo televisivo português não acrescenta nada de novo.
ALERGIAS EM GRUPOS DE ALUNOS DE VÁRIAS ESCOLAS

Os grupos de alunos de várias escolas que deram entrada em hospitais do Norte e de Lisboa devido a sintomas de alergias ou de intoxicação poderão estar a imitar os comportmentos de personagens da série Morangos com Açúcar. A série, que é uma telenovela juvenil, passa na TVI e é muito popular entre o seu público-alvo.

ENTREVISTADO POR ENGANO
A estação de televisão britânica BBC News convidou um especialista em novas tecnologias para comentar a batalha legal entre as empresas Apple Corps, fundada pelos The Beatles, e a Apple Computer sobre a utilização dos respectivos logótipos. O problema é que, em vez de um homem branco e com barba chamado Guy Kewney, a jornalista da BBC, sem saber, pediu a opinião de um homem negro chamado Guy Goma, que não sabia o que estava a fazer num estúdio de televisão.
Veja o vídeo
AS PROMOS DA CAIXA



Spot promocional da RTP. Emitido pela RTP 2 a 29.10.2002
Visite o nosso canal de vídeos em http://www.youtube.com/mediapolisxxi

Canal de TV online

                    

Veja os outros vídeos clicando aqui

PARA DETECTAR MANIPULAÇÕES E ATROPELOS
Coimbra, 02 mar (Lusa) - O investigador Dinis Manuel Alves, que lança quarta feira um livro sobre informação televisiva, defende uma educação para os media que permita ao cidadão conhecer os mecanismos básicos do funcionamento da imprensa, detetando “manipulações informativas e atropelos deontológicos”.
“Urge apostar na educação para os media. Não sendo crível a regeneração dos media no futuro, uma estratégia de cidadania deve passar pela educação para os media, com o cidadão conhecedor dos mecanismos básicos de funcionamento da imprensa, apetrechado para detetar manipulações informativas, atropelos deontológicos, sempre que existam”, disse hoje à agência Lusa o diretor da licenciatura em Comunicação Social do Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra.
Um dos critérios de noticiabilidade é, inquestionavelmente o número ou a quantidade. Número de manifestantes, número de feridos, número de gémeos…
Cifras que “esticam” quando aliadas a outras virtudes, como a resistência ou o sofrimento. Ao Santuário de Lourdes já se chega rápido, hoje em dia, 2000 kms não são nada, mas se feitos a pé merecem notícia, de certeza absoluta.
O cidadão comum já domina este mecanismo de penetrar nos telejornais. Basta-lhe seguir o “método Guiness”, para conseguir os tão desejados segundos de glória na cobiçada pantalha.
Nas televisões portuguesas pratica-se um jornalismo de guerra sem que seja preciso arriscar repórteres no campo de batalha. A guerra é suja e trava-se entre as estações de televisão.
Promovem-se os produtos da casa, com os telejornais servindo de outdoors para alavancar audiências e desmoralizar o inimigo da frequência ao lado. É publicidade travestida de notícia, com a vantagem de não contar para as quotas.

Dinis Manuel Alves passou à lupa centenas de telejornais das TV’s portuguesas, dando conta, neste livro, de autênticas campanhas de manipulação informativa. “A informação ao serviço da estação” talvez se devesse chamar “Como eles nos enganam”.
Uma obra que trata «algumas malfeitorias despejadas pelo jornalismo televisivo»
“Promoções, silêncios e desvirtuações na TV - A informação ao serviço da estação” é o título do livro de Dinis Alves, lançado esta semana na Casa da Cultura de Coimbra e apresentado por Rui Cádima , que é o primeiro doutorado no campo do jornalismo televisivo e que foi orientador da tese de doutoramento de Dinis Alves .
Tese que dará lugar a mais três livros (“Terceiro Mundo em Notícias – Em directo do inferno”; “Da máquina enfatizada à máquina constrangida – MalDita Televisão” e Mimetismos e determinação da agenda noticiosa televisiva – A Agenda-Montra de Outras Agendas”).

Cádima, aliás, salientou a grande dimensão do projecto de investigação desenvolvido por Dinis Alves com base em centenas de telejornais das televisões portuguesas.
«Foi muito para além dos seus limites. Qualquer orientador se recusaria a pedir um mapa de trabalhos com esta densidade. Mais parecia o resultado de um trabalho de investigação colectivo».
© 2005-2013 - Mediapolis - Design by Ectep